Ligue (11) 3924.2320 ou 9 9366.3100 (WhatsApp) - Dias úteis das 10 às 18h

Q
Q

Por que o violãoOutro dia, assim como já aconteceu muitas outras vezes, participei de  uma “roda” de Samba e Choro, com muita Música boa – Música Brasileira! –  na casa de um amigo. Quase todos sentados, em um grande círculo, todos tocando e alguns cantando suas músicas com entusiasmo.

Sempre tive um carinho especial por esses momentos, e creio que não só na minha, como em várias famílias, sempre temos aquelas festas com rodinhas de violão, seja MPB, moda caipira, Bossa nova, Choros ou afins, sempre tem alguém para dar uma “palhinha”.

Mas é aí que surge uma pergunta: Por que o violão?

No meio de tantos ritmos e tantos instrumentos, o violão sempre sobressai por sua sonoridade e pela base perfeita que traz a qualquer outro instrumento. O violão é o instrumento mais popular desta era, e com razão;

No século XIX as valsas e modas europeias já eram muito famosas no Brasil em bailes, sarais e reuniões. Vários intelectuais da época reproduziam os ritmos com destreza e maestria. Mas, como não poderia deixar de ser, sempre havia um resquício “brasileiro” nessas reproduções.

Quando chegou ao Brasil, o violão foi um instrumento de sucesso imediato entre os músicos, que o adaptaram às modas nacionais: ele ganhou um “corpo” maior, e mais cordas, até se tornar o violão que conhecemos hoje.

Bem, com a intenção de reproduzir esta sonoridade pessoal, novos instrumentos eram construídos, e entre eles, o violão de 7 cordas. Assim surgiram os primeiros choros, que reproduziam os ritmos europeus de um modo mais “choroso” (como o próprio nome diz).

O violão já foi taxado como instrumento de “vagabundos” e desclassificados, por não possuir uma complexidade tão alta quanto à de primos como o Violoncello e o Violino.

Mas o violão foi e continua sendo o instrumento que mais conquista músicos em todos os lugares. Sua fama dá-se principalmente pelo fato de que o Violão não necessita de acompanhamentos: ele se basta por si próprio. É Completo.

Sem o violão, ritmos como a Bossa-nova e o Choro jamais existiriam! O violão fez, e faz o casamento perfeito da harmonia e melodia com os poetas, músicos, seresteiros e apaixonados.

Ele foi, praticamente, o criador da cultura musical brasileira, que sobrevive por várias gerações. Sempre idolatrada e imutável.

1
Olá, posso ajudar?
Clique e envie sua mensagem!
Powered by
0