Ligue (11) 3924.2320 ou 9 9366.3100 (WhatsApp) - Dias úteis das 10 às 18h

Q
Q

tipos de cordas para violãoQuais tipos de cordas para violão é melhor?

Quando você está aprendendo a tocar violão, existem coisas bem importantes para se ter um bom resultado, que você acaba não dando a devida atenção. E uma dessas coisas são os tipos de cordas para violão.

Na verdade, esse item acaba muitas vezes não tendo a atenção necessária, sendo escolhido mais pelo preço do que pelas características de composição da corda, o que pode ser um problema na hora de conseguir tocar a música exatamente com o mesmo som  que você ouve na gravação, ou que o artista que você escutou tocando.

 
As características e os tipos de cordas para violão

Quando falamos de tipos de cordas para violão, estamos falando basicamente de tipos diferentes de músicas.

Dessa forma, separamos as cordas em dois grupos macros: as cordas de nylon e as cordas de aço. Para cada uma delas, há características e músicas que ficarão melhores executadas e, como tal, devem ser utilizadas para o tipo de música que você pretende tocar.

Uma pergunta que muitos fazem é: “Posso colocar cordas de aço em um violão que usa nylon”?

A resposta genérica para esta pergunta é “Sim e Não”!  Depende de vários fatores, e o principal é não prejudicar a estrutura do violão.

Seguindo essa comparação, leve sempre em consideração o seguinte:

Cordas de Nylon para violão

Têm um som mais suave e, normalmente, são utilizadas para tocar músicas mais dedilhadas, como canções, baladas, sambas, choros e MPB.

Por sua composição física mais leve, tendem também a ter um desgaste maior, o que influencia no bolso de quem escolhe por elas. Ainda assim, seu custo é baixo e o seu benefício, excelente.

Normalmente, tocar músicas no violão com cordas de nylon, é levemente mais fácil. Também tem o detalhe de que o som sai um pouco mais baixo, sendo uma excelente opção para quem está aprendendo a tocar e não pretende incomodar muito os vizinhos…

Um ponto importante é que as cordas de nylon são a melhor opção para quem pretende tocar sem palheta, pois machucam menos os dedos e têm um som que fica muito mais natural quando dedilhadas ou tocadas com os dedos.

Outro ponto importante, na escolha das cordas de nylon, pra quem está aprendendo a tocar violão, é porque com elas fica muito mais fácil fazer a pestana, cansando menos os dedos e a mão esquerda, inclusive nas mudanças de acordes.

Cordas de Aço para violão

 As cordas de aço têm um som mais alto, mais vibrante – metálico – e mais agudo.

É muito comum o uso de palhetas com esses tipos de cordas, e são a preferência de quem vai tocar com amplificadores, ou quer um volume de som mais alto.

Por esse motivo, as cordas de aço são praticamente presença carimbada no rock’ n’ roll, no pop rock e até no blues, embora este último originalmente tenha sido inventado com as tradicionais cordas de nylon.

Com a palheta, os violões de cordas de aço são melhores para se tocar músicas mais encorpadas e agitadas, que alternam mais acordes básicos com alguns acordes alterados.

Além disso, nesses tipos de cordas para violão, as possibilidades de dedilhado – com o uso da palheta inclusive – são diferentes de quando tocamos com os dedos livres. Por isso, muita gente prefere tocar dedilhado apenas nas cordas de nylon…

Uma boa vantagem do uso das cordas de aço, é na hora de fazer solos. Com esse tipo de cordas para violão, os solos saem mais encorpados, num volume mais alto e normalmente podem ser executados com mais recursos do que os disponíveis nas cordas de nylon.

Outra vantagem das cordas de aço é que a afinação “segura” bem mais rápido. As cordas de nylon ficam cedendo e desafinam facilmente com a temperatura.

Dica: veja como afinar seu violão fácil e rápido nesta aula online

Estrutura e construção diferentes para os tipos de cordas de violão usadas

Obviamente, existem diferenças práticas na construção e estrutura do violão que é feito para receber cordas de nylon e no violão feito para receber cordas de aço.

No violão feito para corda de nylon, a caixa tende a ser um pouco menor, para permitir uma acústica mais intimista, pessoal. A estrutura interna da caixa, os leques e demais pontos podem  ser bem diferentes também.

Pelo formato do violão de corda de nylon, você tem um som onde várias camadas sonoras são percebidas, mesmo que o som não seja muito alto.

O braço também é mais largo, para facilitar dedilhados e acordes mais elaborados.

E há também uma  grande diferença nos trastes, no cavalete e nas tarraxas, que são menos rígidas já que não precisam aguentar a tensão e força do aço.

Já o violão de cordas de aço é maior, com uma caixa mais encorpada, braço mais fino e, normalmente, ele também tem mais casas. Essas casas a mais, inclusive, acabam fazendo muita diferença para tocar alguns tipos solos e escalas.

O cavalete – onde as cordas são presas – e as tarraxas do violão de cordas de aço também são muito mais resistentes, presas de maneira mais complexa e com uma engenharia melhor desenvolvida.

Por isso, mesmo tendo que trabalhar com cordas mais duras, afinar um violão de cordas de aço é mais fácil do que afinar um com cordas de nylon. E um violão com cordas de aço, normalmente desafina menos.

Ainda existem violões que prometem suportar os dois tipos de cordas para violão, mas estes normalmente são uma má ideia. Para eles, use sempre cordas de nylon, pois a probabilidade de estragar com corda de aço é grande.

Para concluir

O aço e o nylon estão aí para você usar. São materiais bem diferentes, que produzem resultados sonoros bem distintos.

Para você que está aprendendo violão ou vai começar a aprender, é importante levar em conta a questão da facilidade em fazer os acordes iniciais, na hora de escolher esses tipos de cordas para violão.

Esse conforto ou facilidade para a mão esquerda (se você é destro!) deve ser observado, sim! Quanto mais macio um violão, mais “doce” será seu som. As cordas de nylon sempre serão mais macias que as de aço.

E, sejam quais forem os tipos de cordas para violão que você for usar, isso vai refletir no tipo e estrutura de violão que deverá escolher.

Antes de comprar, você pode testar esses tipos de cordas para violão em uma loja de música, que geralmente têm vários modelos de instrumentos, e aí ouvir a diferença de som que elas proporcionam.

Aí, não vai ter erro!

Quais tipos de cordas para violão você usa? Deixe seu comentário pra gente saber!

1
Olá, posso ajudar?
Clique e envie sua mensagem!
Powered by
0